Beethoven: botijão de gás de cozinha e telemarketing

Por Francis Ivanovich: Beethoven jamais imaginou que um dia sua composição “Für Elise“ (Para Elise) seria o aviso de que o caminhão carregado com botijão de gás de cozinha (que o povo hoje não tem condições de comprar) estaria chegando à uma das ruas brasileiras, ou que ela seria utilizada como uma espécie de torturaContinuar lendo “Beethoven: botijão de gás de cozinha e telemarketing”

Arte online sim, de graça não

Pergunto: quando vais ao supermercado, farmácia, academia de ginástica, salão de beleza, restaurante, boteco da esquina, paga meia? Pede para ser gratuito? Explique por que você paga meia-entrada no teatro, cinema, show, espetáculo de dança, exposição, e não paga meia no dentista, no médico, no açougueiro, no farmacêutico, no feirante? Por que você reclama doContinuar lendo “Arte online sim, de graça não”