Celular: não ao novo órgão humano!

Por Francis Ivanovich: Hoje é um dia marcante na história da humanidade, Steve Jobs apresentava ao mundo o primeiro celular Iphone que você tocava na tela para fazer uma chamada, acionar alguma função, escrever, fotografar, filmar, gravar. No vídeo acima, você verá Jobs apresentando ao planeta a ideia do novo órgão humano. Era o diaContinuar lendo “Celular: não ao novo órgão humano!”

As pessoas vão embora…

Por Francis Ivanovich: As pessoas partem. Cedo ou tarde, vão embora. Despedem-se porque desejam novos destinos, ou porque a vida lhes entregou o bilhete definitivo da partida. Alguns viajantes carregamos no coração, outros no fígado, e há os que enfiamos no bagageiro do esquecimento. Sem exceção, cada um que passa pela nossa estação, nos transforma,Continuar lendo “As pessoas vão embora…”

Contra a visão restrita do mundo e da vida somente a UTOPIA

Por Francis Ivanovich. O mundo despertou assustado. A nova variante do coronavírus detectada na África do Sul com 30 mutações é considerada perturbadora e será batizado de Ômicron (Ômicron é a décima quinta letra do alfabeto grego e tem um valor numérico de 70). A presidente da Comissão Europeia, Usula Leyen,  anunciou que o blocoContinuar lendo “Contra a visão restrita do mundo e da vida somente a UTOPIA”

SpaSEEbah, Dostoievski!

Por Francis Ivanovich (Францис Иванович): A minha vida é marcada por este humano escritor russo, desde muito cedo. Me influenciou como artista. Já lhe dediquei filme, O Homem de Escrever, nome do periquito de um personagem em peça de teatro que em 2022 estará em cena, poema, reverência, pintura, e estou há dois anos tentandoContinuar lendo “SpaSEEbah, Dostoievski!”

O meu novo amigo Bolaño

Por Francis Ivanovich: Tenho um novo amigo. Como descreve-lo? Tem 622 páginas: “Os detetives selvagens“, do escritor chileno Roberto Bolaño (Santiago do Chile, 28 de abril de 1953 — Barcelona, 15 de julho de 2003). Não confundam esse Roberto chileno com o ator mexicano que deu vida ao personagem da TV, Chaves. O ator tambémContinuar lendo “O meu novo amigo Bolaño”

Fernanda na ABL

por Francis Ivanovich: Algumas pessoas e amigos me perguntam o que eu penso sobre a atriz Fernanda Montenegro ter sido eleita para Academia Brasileira de Letras – ABL. Pensei muito se iria escrever o que penso ou não, analisei e decidi dar liberdade à minha modesta pena, afinal, quem está na chuva de letras éContinuar lendo “Fernanda na ABL”

Velhofobia!

Por Francis Ivanovich Ontem vi uma obra-prima do cinema: A Dama de Baco, do diretor E J-Yong, realização sul coreana de 2016, que estreou na Plataforma MUBI, estrelado por Youn Yuh-jung, para mim uma das maiores atrizes da história do cinema contemporâneo. Raramente vemos uma atriz como ela, com uma interpretação que possui tantas camadas,Continuar lendo “Velhofobia!”

Cancelei a Netflix

Por Francis Ivanovich. Aos domingos, muitos brasileiros sentam-se diante diante da TV para assistir o Topa Tudo Por Dinheiro, programa famoso onde ouvimos o bordão criado pelo apresentador Sílvio Santos: Quem quer dinheiro? Sílvio arremessa aviõezinhos feitos com notas de 50 e 100 reais, que voam sobre as colegas de trabalho, que os disputam noContinuar lendo “Cancelei a Netflix”

Help, minha vida é um tédio!

Por Francis Ivanovich. – Amigos e amigas, socorro, minha vida é um tédio! Explico: Olho as fotografias, vídeos de toda gente no Instagram, Face, Twitter, YouTube etc., fico deprimido com os meus dias tão sem graça. Essa gente é tão feliz, cheia de amigos (seguidores)! Sempre estão sorrindo, fazendo coisas interessantes, viajando pelo mundo, vivendoContinuar lendo “Help, minha vida é um tédio!”