Godard está vivo, sempre!

Por Francis Ivanovich: A primeira vez que ouvi falar de Jean-Luc Godard foi no ano 1985, eu tinha 22 anos, quando seu longa “Je Vous Salue, Marie” foi proibido de ser exibido no Brasil, porque o enredo foi considerado ofensivo a igreja católica. Eu já sonhava fazer Cinema, algo impensável para um jovem operário, gráfico, proletário queContinuar lendo “Godard está vivo, sempre!”

MUBI: plataforma para quem ama cinema

Por Francis Ivanovich: A pandemia foi um prato cheio para as plataformas de streaming. As salas de cinema fechadas, as pessoas em casa tentando sobreviver e as telas de todos os formatos acesas 24 horas por dia, literalmente, e haja cinema, música, etc. Foi durante a pandemia, em 2020 que descobri a plataforma MUBI. NãoContinuar lendo “MUBI: plataforma para quem ama cinema”

Wagner Marighella

Por Francis Ivanovich. Fui ao cinema ver Marighella. Excelente produção. Vale a pena. Havia recebido o link do filme, me recusei acessar. Sei o trabalho e o investimento que custa aos realizadores e artistas. Uma falta de respeito, desonestidade ver filme que está nos cinemas, dessa maneira. Não há argumentos, desculpas que justifiquem. É furtoContinuar lendo “Wagner Marighella”