Os camelos

Foto por Taryn Elliott em Pexels.com

Por Francis Ivanovich

Todo deserto nasce sozinho

Um que deserto cresce dentro de nós

Um deserto sem saída

Um deserto de tempestades e miragens

Todo deserto é ampulheta

A contar os grãos da nossa sombra

Um deserto noite e dia

                       Quente e frio

                        Sol e lua

O amor é água que evapora

Esperança de chuva e oásis

Mas o deserto sempre vence

É o destino dos camelos que somos.

%d blogueiros gostam disto: